Tentativa de fuga frustrada provoca rebelião entre presos no complexo policial de Campo formoso neste domingo (21)

Uma tentativa de fuga frustrada no começo da manhã deste domingo(21), provocou reação dos presos do Complexo Policial da Cidade de Campo Formoso, no início da tarde de hoje e terminou com uma rebelião de 21 presos e controlada por volta das 17h21, após negociações. Cinco celas foram danificadas a suas instruturas.
Segundo informações, por volta das oito horas da manhã, um policial civil notou que uma corda improvisada, conhecida  como “Tereza”, estava sendo usada por um dos presos para conseguir a fuga. Houve alerta e logo foram acionados militares da 54ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM), que conseguiram impedir a fuga dos presos.
Mas, sabendo que o preso que tentava escapar tinha sido contido, os outros 20 presos começaram uma rebelião, com a queima de colchões, além de danificar as cinco das sete celas do complexo policial. A rebelião, de acordo com os presos, foi uma forma de exigir melhor qualidade da alimentação servida e exigência de cumprimento, pela justiça, das normas de progressão das penas de alguns já julgados e condenados.
Diante da insistência dos presos e da ameaça de seguirem destruindo o complexo, a Polícia Militar, em acordo com a direção da Polícia Civil e da direção do complexo, decidiu, já no fim da tarde, intervir com rigor e invadiu o local, obrigando os presos a voltarem para as celas.
Após o fim da rebelião, os militares puderam conferir a destruição das cinco entre as sete celas existentes. Depois desa intervenção, a rebelião chegou ao fim, sem nenhum ferido. O Corpo de Bombeiros  esteve no local apagando as chamas.

Nonato Notícias