IDA DE NENÉM DO OUTEIRO PARA A GESTÃO DE EVERTON ROCHA CAUSA ESTRANHEZA DENTRO E FORA DO PT

Foto: reprodução Facebook
Crítico da administração do prefeito Everton Rocha (PSDB) desde o início, janeiro de 2017, Regivaldo Silva, conhecido como Neném do Outeiro, alegou diversas vezes nas redes sociais ter sofrido perseguição através do ex-secretário de educação, Juraleson Leite, chegando a comemorar a exoneração do desafeto. Em outras colocações chegou a afirmar, também em redes sociais, que havia tido um atrito com a primeira dama, Edinélia Rocha, e que inclusive ela o teria bloqueado no WhatsApp. Em outros momentos o novo “pupilo” do prefeito que responde duas acusações, podendo ser afastado, torcia abertamente pela cassação do mandato do seu novo “chefe”. Vale frisar que Neném do Outeiro, sempre possuiu uma conduta profissional impecável em todas as funções desenvolvidas, mas uma mudança repentina, apesar de ser um direito, não convenceu e dentro do seu partido as reações foram de desapontamento e espanto. Entre as pessoas que o acompanhavam em suas colocações, cobranças por melhorias nos serviços públicos, a decepção foi inevitável, pois diante de tantas falhas na atual administração apontadas e criticadas por Neném do Outeiro, jamais se imaginaria que em pouco tempo e na iminência de uma cassação do prefeito, Neném partisse para o atual governo como se nada tivesse acontecido e fosse este um governo popular, humano, competente e comprometido com as causas sociais.
O ser humano sempre é capaz de surpreender, até mesmo quando não se espera surpresa alguma.