TJ-BA compra 250 togas para magistrados por até R$ 72 mil

O Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) vai comprar 250 opas, uma parte das vestes talares dos membros da Corte, por R$ 72 mil. A opa é uma espécie de capas sem mangas, confeccionada em “cetim bucol”, com cordão São Francisco, na cor amarelo ouro, com um metro de comprimento, com ponteira na cor do cordão ou terminação que não permita o desfiamento. Cada opa custará R$ 288. Em uma contratação anterior, o valor da opa era de R$ 150 a unidade. O TJ vai adquirir a vestimenta em todos os tamanhos: P, M e G. De acordo com a justificativa do tribunal, o registro de preços se faz necessário para “atender as demandas do exercício de 2018 baseado no relatório do ano de 2017 emitido pelo Sistema de Controle Patrimonial”. Além disso, considera que alguns itens “não dispõe de saldo no estoque que possa atender as futuras e eventuais aquisições geradas pelos desembargadores deste Poder Judiciário”. Em 2015, o TJ-BA adquiriu togas para magistrados por quase R$ 500 mil

Bahia Noticia