Nesta semana, moradores das ruas do Sisal e Quipá, no distrito Pilar, município de Jaguarari, denunciaram em redes sociais, através de vídeo, esgoto à céu aberto nas proximidades dessas ruas.



A equipe do Jaguarari Acontece foi averiguar as reclamações e constatou que se trata de uma rede de águas pluviais, mas que está servindo para esgotamento sanitário, o que causa mau cheiro, contaminação do solo, além de animais que bebem água poluída.


Os moradores não suportam o mau cheiro e pedem dos órgãos competentes providências. Neste sentido, o Jaguarari Acontece entrou em contato com o Gerente da Embasa, Sr Gustavo, que se comprometeu em enviar, amanhã (01/12) uma equipe para averiguar a situação e tomada de providências. O vereador Marcos Quito também entrou em contato com a Empresa
O JA está acompanhando a situação.

Fonte: Jaguarari Acontece

Esta quinta-feira, 30 de novembro de 2017, ficará marcada na história política de Jaguarari como o dia em que os representantes do povo, os vereadores, mostrarão a população, o verdadeiro e legítimo trabalho de um edil íntegro, honesto e comprometido com o desenvolvimento do município. Com início previsto para às 14h, a Sessão tem como ponto de pauta mais aguardado, a leitura da denúncia de infração político-administrativa contra o prefeito Everton Rocha (PSDB) e consulta à Câmara sobre o seu recebimento
Em seus onze meses de governo, Everton não conseguiu realizar, via convênio ou recursos próprios, nenhuma obra que mereça destaque, além disso, por conta de inúmeras licitações e contratações “duvidosas”, no Ministério Público há uma quantidade recorde de processos para um gestor em início de administração. Por outro lado, os serviços básicos de atendimento à população não funcionam e para piorar, as contas do município apresentam saldo negativo próximo dos 3 milhões de reais, provocando uma série de questionamentos sobre o real destino do erário público.
A população, através de seus legisladores, abaixo nomeados, terão a oportunidade de entender o que de fato vem acontecendo com a aplicação financeira do município e se, de fato, o prefeito Everton Rocha possui ou não responsabilidade danosa nas citadas denúncias.
O povo, tanto o que acredita em Everton, como o que não acredita, dependerão da presença e atuação de todos os vereadores para que a verdade prevaleça e as dúvidas sejam, de vez, esclarecidas.
Os vereadores que deverão estar na Sessão da Câmara de Jaguarari: 
Regis do Joel (PSDB), 
Márcio Gomes (PSDB), 
Nenem do Catuni (PSD), 
Val (PT), 
Dourival Borges (PMDB), 
Franco Melo (PDT), 
William Rogers (PSDB), 
Zé Galego (SD), 
Josimar Zuza (PP), 
Budé (PDT), 
Marcos Quito (PV), 
Louri da Barrinha (PDT),
Paulinho Morgado (PV).

O senhor Manoel Augusto Nunes da Silva, 51 anos, solteiro, pai de dois filhos, residente no distrito de Gameleira, sofreu uma grave queda de moto por volta das 11h desta quarta-feira (29.11.17) nas imediações da Fazenda Lagoa do Meio. De acordo com informações de sua ex-enteada, “Manel”, como é conhecido, retornava de um compromisso quando perdeu o controle de sua moto e caiu. Com o impacto, “Manel” teve 5 costelas fraturadas e várias lesões no couro cabeludo provocados pelo contato brusco com o solo, pois estava sem capacete. Ferido, foi socorrido para o Hospital Municipal de Jaguarari, onde deu entrada às 12h15, foi atendido e medicado. A médica plantonista, ciente da gravidade e precariedade do hospital local, solicitou a transferência, via regulação, somente às 15h15. Às 16h03m44s foi aceita a regulação. No momento o Hospital dispunha de 2 ambulância, segundo as informações, mas devido ao estado de conservação dos pneus (carecas) o motorista recusou-se a ir, segundo informações. Como o estado do paciente se agravou, a médica resolveu solicitar uma ambulância mais equipada, SAMU, no entanto a ambulância do SAMU de Jaguarari tinha sido deslocada para Juazeiro pela base de Senhor do Bonfim e só às 18h33, ou seja, mais de 6h depois é que o seu “Manel” foi transferido para o Hospital do Trauma de Petrolina.

Tentamos contato com a diretora interina do Hospital de Jaguarari, mas ela não estava. A enfermeira Katya, informou a nossa equipe que não houve, em momento algum, a solicitação da médica em enviar o paciente em ambulância social, segundo ela, a médica, desde o início do atendimento, definiu que o caso de Manoel Augusto precisava de uma unidade móvel equipada caso houvesse alguma alteração do quadro clínico do paciente. Katya também explicou que todos os procedimentos necessários foram realizados pela equipe plantonista e que as demoras para transferências sempre acontecem por conta da demanda de vagas liberadas pela central de regulação.

O aluno Gabriel Barbosa da Silva, residente na comunidade de Olhos D'Água, aluno do 9º ano do Ensino Fundamental II, da Escola Municipal Professora Maria Ivete, de Catuni da estrada, filho de Raimunda e Ronaldo, foi premiado com o Certificado de Menção Honrosa na OBEMEP - Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas. À direção, coordenação e professores vem a público parabenizá-lo, assim também como todos os demais alunos participantes, por esta conquista importante para a referida unidade escolar.
Atenciosamente,

Iris Alves da Silva
Gestora da referida Unidade de Ensino

Em menos de um mês, uma família de Campo Largo, na região metropolitana de Curitiba, sofreu duas perdas irreparáveis em menos de um mês.
No dia 27 de outubro, a professora de Matemática Ângela Ferreira Pires da Trindade, de 49 anos, faleceu em consequência de um aneurisma cerebral – fraqueza em um vaso sanguíneo do cérebro, que infla e enche de sangue.
A morte da professora, muito querida na cidade, causou grande comoção nas redes sociais, entre alunos antigos e atuais, familiares, amigos e pessoas que admiravam o trabalho dela na área da educação.
Quem convivia de perto com a docente, no entanto, não esperava uma reação tão forte de uma das maiores companheiras dela: a cadelinha Dory.
Exatos 28 dias após a morte da professora, sem conseguir aguentar a ausência da dona, a beagle sofreu convulsões e não resistiu.
“Elas eram inseparáveis. Pela manhã e tarde, a Ângela trabalhava em casa, escrevendo livros didáticos.
As duas cachorras passavam o dia todo com ela.
A Dory estava normal, sem nenhum problema clínico e, um pouco mais de 20 dias depois que a Ângela se foi, ela teve uma crise convulsiva, ficou 13 horas em coma e faleceu.
A veterinária disse que ela possivelmente entrou em um quadro profundo de depressão, o que causou uma lesão cerebral”, completou Moisés.
Portal Voxnet (Banda B)

O Presidente da Câmara Municipal de Salvador, Léo Prates (DEM), esteve reunido com o Gerente Executivo das agências do Banco do Brasil, Carlos Henrique, e com o assessor da Presidência, Mario Praça Neto, em Brasilia, para tratar da agência do município de Jaguarari, que após uma explosão por criminosos, no início do mês de outubro, deixou de atender a população Jaguarariense.
Segundo o vereador, em fevereiro do próximo ano, abrirá processo licitatório, para a reforma e recuperação da agência. Ainda segundo Léo Prates, o prazo para que a agência volte a atender o público é ainda no ano de 2018.

ASCOM

Por volta das 15:10h, o PETO/45ªCIPM, durante a realização da "Operação Margem Segura", em Região de Divisa entre os Estados da Bahia e Pernambuco; ao abordar uma Van que fazia a linha Juazeiro/Curaçá, realizou a revista em dois suspeitos, sendo com eles encontrado um revólver Smith Wesson, cal. 32, numero 4859, com 7 (sete) cartuchos  intactos do mesmo calibre.
Os acusados Ademario Marques de Oliveira que estava com a arma e Tiago Rodriguez da Silva, declinaram ser oriundos de Filadélfia,  se contradizendo um em dizer que ia para Riacho Seco e outro para Pedra Branca.

Recaem ainda sobre os acusados, suspeita de autoria do homicídio havido no Povoado de Carrapato, zona rural de Filadélfia, em data de 25.11.17, em que fora vítima Adenilton Pereira da Silva, que atendia pelo designativo de Bruxo, atingido por dois disparos  de arma de fogo na cabeça.
Por fim os acusados foram presos em flagrante e entregues na Delegacia de Juazeiro para as providências cabíveis., tendo após oitiva, o delegado plantonista arbitrado fiança sendo como resultado liberados.

Fonte: Uauanews

Desde ontem, segunda-feira (27.11.2017), empresários e prestadores de serviços se depararam com uma situação atípica no setor de tributos da prefeitura de Jaguarari, de acordo com as informações entregues ao Jaguarari Online, funcionários do setor não conseguiam emitir DAMS – Documentos de Arrecadação Municipal, além de guias para quitação de outros impostos, como ISS, por exemplo, pois o Software que gera os referidos documentos estava bloqueado pela empresa fornecedora do sistema. Este entrave se deu por conta da falta de pagamento à empresa que venceu a licitação e disponibilizou o serviço, o que implicou em atrasos de pagamentos de impostos ao município e também causando atrasos e prejuízos aos que necessitam destes documentos para quitação de valores e impostos.

Entramos em contato com o secretário de finanças, Wadton Souza, que informou ao Jaguarari Online que a falta de pagamento a empresa fornecedora do serviço ao setor de tributos se deu, não por falta de dinheiro, mas sim por uma falha interna do setor de licitação que deixou de anexar um documento ao processo, o que impossibilitou o setor de finanças a pagar o valor devido à empresa. Ainda segundo Wadton, o problema estaria sendo resolvido na tarde de hoje, terça-feira (28) e tão logo o pagamento seja concluído o sistema voltará a funcionar.

A edição nº 190 do Diário Oficial da Câmara de Jaguarari acaba de publicar a Pauta da Sessão da próxima quinta-feira (30.11.2017). O ponto mais aguardado pela população jaguarariense, que há meses espera por um posicionamento dos Edis frente às várias denúncias que estão sendo, também, apuradas pelo MINISTÉRIO PÚBLICO, tais como: os constantes atrasos de salários, descumprimentos de acordos firmados pela prefeitura de Jaguarari com prestadores e fornecedores de serviços, deficiências na saúde, assistência social, educação, segurança pública, transporte escolar, casa de apoio e outros, todos estes de responsabilidade do então prefeito EVERTON CARVALHO ROCHA (PSDB), enfim a CÂMARA MUNICIPAL deu o pontapé inicial em busca de identificar, sanar e/ou punir as eventuais irregularidades que possam está sendo cometidas pelo prefeito Everton Rocha. Na pauta, dentre outros pontos importantes, está a “LEITURA DE DENÚNCIA DE INFRAÇÃO POLÍTICO-ADMINISTRATIVA CONTRA O PREFEITO DE JAGUARARI O SENHOR EVERTON CARVALHO ROCHA E CONSULTA À CÂMARA SOBRE O SEU RECEBIMENTO.”

O trabalho da Câmara de Jaguarari não é ser parcial ou tendencioso. O trabalho dos vereadores é a manutenção da ordem e equilíbrio político-social e financeiro para o bem comum, conforme a legislação, pautando-se, sempre nas Leis vigentes. Caso fique comprovado que não há nenhum crime cometido pelo prefeito, a população será informada, assim, como, se provada e comprovada que as denúncias são verdadeiras e fundadas, os danos causados serão reparados perante a orientação legal.



A feira livre de Jaguarari, no último sábado, 25 de novembro, foi marcado por três furtos: um senhor residente na Fazenda Lagoa das Antas teve R$ 400,00 (quatrocentos reais) furtados nas proximidades do açougue municipal, local onde um outro senhor residente da região de Macambira também teve o dinheiro da compra da ração de seus animais subtraído do seu bolso, ao todo, R$ 450,00 (quatrocentos e cinquenta reais).
Ainda no mesmo sábado, um furto de um veículo Volkswagen, GOL BRANCO, 2 PORTAS, ANO 96, placa JLH 5484, licença de JAGUARARI, de propriedade do guarda municipal conhecido com GIGI do OUTEIRO. O veículo encontrava-se estacionado na Rua José Amaro, próxima a clínica Fisiocorpore. O caso foi registrado na Delegacia da Polícia Civil de Jaguarari.
Quem tiver informações que ajude a localizar o GOL BRANCO, entrar em contato com os números:

(74) 99956-1068 e 99974-1860 – Gratificação de R$ 500,00


Com as redes sociais, as críticas, elogios e denúncias dos descasos dos gestores do dinheiro público se tornam muito rápidas e sem qualquer tipo de manipulação. Usando-se desta ferramenta de geração de conteúdo, alunos e pais denunciaram o alto risco de uma tragédia no início da noite desta segunda-feira (27) na comunidade Barrinha, com o ônibus que faz a linha Pilar x Jaguarari com estudantes. De acordo com as fotos postadas nas redes sociais, percebe-se claramente o estado precário do pneu que estourou e que poderia ter causado danos às vidas dos alunos que estavam no transporte. Vejam as fotos e textos postados nas redes sociais:
Pessoal, gostaria de agradecer a administração municipal pela segurança e prestação de serviço de qualidade nos transportes públicos... segue fotos deste instante na barrinha o ônibus escolar de Pilar a Jaguarari estourou os dois pneus traseiros de uma vez e não houve o pior por muito pouco.... vejam vcs na pratica o estado dos pneus e estamos na estrada na barrinha a mercê dos perigos...”
Diante de mais esta exposição ao risco de tragédia, novamente perguntamos ao prefeito de Jaguarari, Everton Carvalho Rocha (PSDB):
1. Foi com este objetivo que o senhor se candidatou a prefeito?
2. O senhor colocaria seus filhos em transportes nestas condições?
3. Até quando o senhor continuará a dizer que o problema é de blogs e oposição que tentam deturpar a “realidade”?

4. O senhor realmente tem conhecimento do que afirma à sua própria rádio?


Os festejos de padroeiros são sempre momentos muito aguardados pelas comunidades católicas, principalmente aquelas mais interioranas. Não diferente das demais, a comunidade de Anhã, na região de Gameleira, festejou neste final de semana o Padroeiro Cristo Rei e, como de costume, pediu a prefeitura de Jaguarari ajuda para comprar fogos e a banda de pífanos que completa os ritos tradicionais da novena. De acordo com membros da comunidade, a prefeitura ficou e doar R$ 100,00 em fogos e a banda de pífanos, porém, nem uma coisa e nem outra chegou à comunidade, veja o desabafo da comunidade, enviado à redação do Jaguarari Online:
A comunidade de Anhã, neste fim de semana ficou decepcionada com a prefeitura de Jaguarari. Prometeram a Banda de Pífano nos festejos do Padroeiro Cristo Rei que aconteceu neste final de semana, mas precisamente neste domingo e os mesmos alegando que não recebem pelo serviço prestado à Prefeitura, não compareceram deixando a comunidade a esperar na igreja para a alvorada das 4h da madrugada que já é uma tradição. Esperamos até as 9h da manhã, quando chegou a informação que não viriam por que a prefeitura municipal não paga os mesmos. E tem mais: prometeram R$ 100,00 em fogos e não saiu se quer um foguete da prefeitura.”
Mais uma vez perguntamos:
1. Era esta a “transformação” tão prometida em campanha pelo prefeito Everton Rocha (PSDB)?
2. Seria retaliação aos vereadores Dourival Borges e William Rogers, representantes da comunidade?
3. Estaria a prefeitura falida a ponto de não conseguir pagar banda de pífanos?

Tentamos contato com o diretor de eventos, Geyson Carvalho, mas nossa ligação não foi atendida.


  Jaguarari, 26 de novembro de 2017.
COMUNICADO

        
O SINDSPUJ – Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Jaguarari, comunica aos seus associados que o Dr. Elói Correia Júnior, assessor jurídico deste sindicato, estará dando plantão, nesta terça, dia 28/11/2017, das 08:30h as 15:30h. Os servidores interessados deverão ficar atentos a esta data e a este horário, para se dirigir à nossa sede, localizada no Alto das Cajazeiras, nº 46, atrás da COOPEJ, no centro de nossa cidade.

Portanto, se você é servidor público, compareça! O seu direito é a nossa causa.
     
Atenciosamente,



DIRETORIA EXECUTIVA
   

A saúde de Jaguarari, em especial no distrito de Gameleira e comunidades vizinhas, continua abandonada! Depois de ser amplamente divulgada como sendo um dos melhores na região, o tratamento com da saúde dos moradores do município de Jaguarari não tem a coerência com que fala o prefeito Everton Rocha (PSDB) nos meios de comunicação.

Desde a semana passada o PSF de Gameleira e o Posto de Saúde de Jacunã continuam sem a presença da médica, que teve redução irregular de 30% em seu salário, além da referida profissional, outros estão trabalhando no limite e a qualquer momento podem suspender os atendimentos tendo em vista este corte, dentre outros.
Perguntamos:
1. Onde está a saúde de qualidade, prometida pelo prefeito Everton Rocha?
2. Seria retaliação política aos vereadores Dourival Borges e William Rogers por terem rompido politicamente com o gestor?
3. Até quando a população continuará prejudicada por falta de uma verdadeira administração em Jaguarari?

A senhora Querubina Marques de Souza, 69 anos de idade, viúva, moradora de Pilar e atualmente residente na Fazenda Adutora foi encontrada morta na manhã deste domingo, 26 de novembro de 2017. De acordo com informações passadas, o homicídio foi praticado com uso de pedras e paus, após o crime, seu corpo foi arrastado por aproximadamente 30 metros e jogado às margens da BA-314, próximo a estrada que dá acesso ao lixão do distrito de Pilar. O crime chocou a comunidade, pois além de se tratar de uma idosa, a vítima era muito querida por todos que a conheciam. A Polícia Militar foi acionada e encontra-se protegendo o local enquanto o DPT de Bonfim chega para as medidas de praxe. As causas e motivos do bárbaro crime são ignoradas, mas serão investigados pela Polícia Civil de Jaguarari. Toda e qualquer informação sobre possíveis suspeitos devem ser informados às Polícias Civil e Militar através dos números: (74) 3619-2127 / 3619-2157 / 99973-2689 / 99969-9091, a identidade de quem prestar as informações que contribuam com a elucidação deste crime serão mantidas em sigilo.

 Amanhã, sábado (25) é dia de feira e a praça onde feirantes e ambulantes expõem seus produtos, a maioria frutas e verduras, para que o consumidor escolha os que apresentam uma melhor aparência, higiene e valor. A limpeza pública é responsabilidade da prefeitura de Jaguarari que deixou a referida praça "limpinha". Confira nas fotos feitas às 22h50 desta sexta-feira (24/11) a situação do espaço que deveria está devidamente limpo.

Segundo previsão da Confederação Nacional de Municípios (CNM), todos os municípios do país receberão ajuda financeira para o ano de 2018. Este montante é sem incluir o Auxílio Financeiro ao Municípios (AFM) de R$ 2 bilhões liberado pelo presidente Michel Temer que sai até dezembro por meio do Fundo de Participação dos Municípios (FPM). Este valor foi adquirido através de uma negociação escusa onde os prefeitos se comprometeram ajudar o governo, através de seus deputados, para que votem a favor da Reforma da Previdência. O repasse de R$ 2 bilhões corresponde a metade do que foi solicitado de Apoio Financeiro aos Municípios pelo CNM. Na região já tem deputado com mais de R$ 40 milhões de emendas negociando com prefeitos em troca de apoio a sua reeleição em 2018.
Enquanto os prefeitos choram miséria, por outro lado as exaltações com gastos da máquina municipal não param empregando parentes, cabos eleitorais, havendo ainda casos de execução de contratos milionários fraudulentos com empresas laranjas a exemplo do que foi publicado em páginas policiais de jornais nesta semana como aconteceu nesta semana em Remanso e mais 16 municípios baianos onde algumas pessoas foram presas pela polícia. Casos escabrosos como esses deixa em dúvida as reclamações dos prefeitos no país que ainda ameaçam não pagar o 13º salário de seus funcionários e de alguns prestadores de serviços.
Veja a lista dos municípios da região que receberão ajuda financeira em 2018 e seus valores: 

Campo Alegre de Lourdes/BA BA – R$ 841.454,95

Canudos/BA – R$ 721.247,10

Casa Nova/BA – R$ 1.562.702,05

Chorrochó/BA – R$ 480.831,40

Curaçá/BA – R$ 961.662,80

Euclides da Cunha/BA – R$ 1.442.494,20

Filadélfia/BA – R$ 721.247,10

Itiúba/BA – R$ 1.081.870,65

Jacobina/BA  – R$ 1.682.909,90

Jaguarari/BA – R$ 961.662,80

Jeremoabo/BA – R$ 1.081.870,65

Juazeiro/BA – R$ 3.918.750,74

Monte Santo/BA – R$ 1.322.286,35

Paulo Afonso/BA – R$ 2.043.533,45

Pilão Arcado/BA – R$ 961.662,80

Remanso/BA – R$ 1.081.870,65

Senhor do Bonfim/BA – R$ 1.562.702,05

Sento Sé/BA – R$ 1.081.870,65

Sobradinho/BA – R$ 721.247,10

Uauá/BA – R$ 841.454,95

Ação Popular

Centenas de mulheres estiveram reunidas em juazeiro participando de um debate sobre a violência que atinge as mulheres que trabalham como prostitutas na cidade. O seminário com o tema violência no exercício da prostituição: invisibilidades e contradições, foi realizado na noite da última quarta-feira (22/11) e durante todo o dia de ontem (23/11) no Centro de Cultura João Gilberto.
A iniciativa foi da Pastoral da Mulher da Diocese de Juazeiro, com o objetivo de sensibilizar e dialogar com a sociedade sobre a violência sofrida pelas mulheres que exercem a prostituição. Durante o seminário foi exibido um vídeo documentário produzido pela pastoral com depoimentos de quem passou por violência no exercício dessa profissão.
Entre as palestrantes participaram a advogada feminista Laina Crisóstomo Souza de Queiroz, coordenadora da ONG Tamo Juntas, que presta assistência à mulheres que sofrem violência na cidade de Salvador; a coordenadora do grupo de estudos feministas da Universidade Estadual do Rio Grande do Norte, Elbênia Neris; a delegada da mulher de Juazeiro, Rosineide Motta Medrado; a delegada regional de Juazeiro, Lígia Nunes de Sá e a representante da marcha mundial de mulheres Tainá de Menezes.

Para a coordenadora da Pastoral da Mulher, Fernanda Lins, o objetivo de tirar essa temática da invisibilidade foi alcançado. “ressalto que ainda é necessário continuar na luta por uma sociedade mais igualitária para as mulheres e onde seus direitos sejam garantidos. E destaco a importância do trabalho conjunto e em rede para o enfrentamento desse problema.” Frisou Fernanda.



Por Josenaldo Rodrigues
FOTOS: Pastoral da Mulher

Caldeirão da Serra, Serra da Cana Brava e outras comunidades serão beneficiadas

A Embasa iniciou nesta semana a execução de serviços e obras de melhoria nas unidades operacionais que atendem as localidades de Serra da Besta, Caldeirão da Serra, Poroén, Marruá, Serra da Cana Brava, Baixa da Tereza, Escondido e Caldeirão do Lalau, no município de Uauá. Serão instalados dois reservatórios de água com maior capacidade de armazenamento em substituição aos atuais nas estações elevatórias de Ouricuri e Escondido,  um novo conjunto Motor-bomba de maior capacidade de bombeamento e equipamentos eletromecânicos. 

As intervenções estão sendo realizadas por equipes do setor operacional e de manutenção eletromecânica e devem ser concluídas no início de dezembro. De acordo com o engenheiro da Embasa, Carlos Jr., estas intervenções permitirão uma melhora significativa na oferta de água nestas localidades. “Após a conclusão dos trabalhos teremos uma maior regularidade no abastecimento, o que certamente trará uma maior qualidade de vida à população destas comunidades", garantiu o engenheiro.


Atenciosamente


Assessoria de Comunicação da Embasa

74 - 3541 8400

O secretário de educação de Jaguarari, Juraleson Leite, “convocou” os servidores da educação para irem à Câmara alegando suposta aprovação do orçamento do município. Curiosamente até então não havia sido divulgada a pauta, como poderia o prefeito "convidar" os funcionários com tal justificativa? Juraleson justifica que as “grandes” dificuldades que estão passando, hoje, é em virtude do orçamento. Ainda de acordo com o áudio enviado aos funcionários da educação, a convocação foi feita pelo prefeito Everton Rocha (PSDB).
Everton Rocha, que se encontrava em Brasília, deveria, ao invés de usar os funcionários, especialmente os contratados e comissionados, valorizar o trabalho destas categorias com melhores salários, ao invés de usá-los com objetivos ocultos.
Estaria, o prefeito municipal, taxando os vereadores de irresponsáveis a ponto de só aprovarem o orçamento suficiente para o bom andamento do município na base da pressão?
Seriam, os vereadores, na visão do prefeito Everton Rocha, irresponsáveis, despreparados?
Além de funcionários contratados da educação, outros funcionários de outras secretarias também receberam a mesma instrução: ir à Câmara pressionar os vereadores.
O prefeito Everton Rocha está temendo o quê?
Teria o prefeito cometido alguma irregularidade a ponto de está prevendo ser punido pelo Poder Legislativo?
Quem não deve, não teme, não é verdade?




O prefeito de Juazeiro, Paulo Bomfim (PC do B), enviou para Câmara de Vereadores um Projeto de Lei para promover corte de 20% no próprio salário, da vice-prefeita e de todos os cargos comissionados nos meses de novembro e dezembro.  Além disso, o gestor informou ao Blog do Geraldo José que também não vai pagar décimo terceiro a nenhum agente político que integra hoje a gestão municipal. “Estamos num momento de extrema dificuldade e não seria correto com os nossos servidores. Estamos cortando na própria carne para que a população e nem os nossos servidores sofram as consequências dessa crise”, falou Bomfim
. A medida teria sido adotada para assegurar a adequação das despesas em razão das quedas de receita que afetam os investimentos municipais. “Pode ter certeza em 2017 não vamos pagar décimo terceiro de prefeito, vice-prefeita, secretários e de nenhum agente político da prefeitura”, reiterou. “Os serviços essenciais estão assegurados. Cortamos na própria carne para que a população não sofra as consequências da crise”, declarou o prefeito. Segundo ele, medidas como corte de gastos com o custeio da prefeitura, a exemplo redução no aluguel de veículos, proibição do pagamento de horas extras e diminuição de despesas com diversos contratos de fornecedores também serão adotadas.

Blog do Geraldo José

Por volta das 12h25 da tarde de hoje, quinta-feira (23), o ônibus que transporta os estudantes de Jenipapo e Catuni da Grota teve um problema mecânico próximo ao lixão, na conhecida ladeira do tamburi. O Jaguarari Online teve acesso a informação às 14h23 e imediatamente se deslocou até o local para apurar a informação. Ao chegarmos no local, não encontramos nem ônibus e tão pouco os estudantes, mas continuamos pela BR 407 e encontramos um grupo de estudantes a pé, andando sozinhos correndo risco de serem atropelados. Ao questionarmos estes estudantes, fomos informados que o ônibus havia quebrado e todos desceram, dentre os mais de 30 alunos, haviam crianças. Todos ficaram às margens da BR aguardando um ônibus que pudesse dar socorro ou o devido conserto do ônibus da localidade, mas nenhuma coisa, nem outra. O ônibus ainda conseguiu sair do local e foi lentamente até a Aroeira em busca de apoio mecânico e os estudantes lá permaneceram, sozinhos. Alguns conseguiram carona, outros os pais ficaram sabendo e pagaram taxi para leva-los embora. Outros decidiram ir andando pela BR até que alguma providência fosse tomada, sob o risco de algum veículo desgovernado pudesse atropelá-los ou algum bandido/estuprador passasse e forçasse alguma aluna a adentrar em seus veículos. Ainda de acordo com os alunos, o motorista teria entrado em contato com o chefe dos transportes em busca de ajuda, porém não apareceu ajuda alguma.
O risco para estes estudantes foi algo inaceitável! Eles ficaram expostos a tudo, no mesmo lugar onde várias tragédias já aconteceram! Neste momento Jaguarari poderia estar marcada por uma tragédia, ou quem sabe muitos pais agonizariam sem saber o que teria acontecido com suas filhas.
Cadê a RGB Transportes e Locações? Cadê o secretário de educação, diretor de transportes?
Enquanto o prefeito “passeia” em Brasília, crianças e adolescentes são expostos a atropelamentos, a estupros, ao sol escaldante, à fome, à sede. É esta a educação de qualidade prometida pelo prefeito do povão?
E o Ministério Público, a Câmara, o Conselho Tutelar, a Sociedade ficarão, mais uma vez inertes, passivos?
Se algum estuprador sequestra, estupra e mata uma aluna destas quem seria o responsável?
Se algum veículo perde o controle e avança para cima destes alunos, quem iria para cadeia?

Esperamos respostas imediatas sobre este caso.

MARI themes

Tecnologia do Blogger.