ANUNCIE AQUI!
/ / APÓS 25 ANOS DE ESPERA MINERADOR RECEBE LICENÇA DE OPERAÇÃO DAS MÃOS DE EVERTON ROCHA E PAULO GONÇALVES, PREFEITO E SECRETÁRIO DE MEIO AMBIENTE, RESPECTIVAMENTE

APÓS 25 ANOS DE ESPERA MINERADOR RECEBE LICENÇA DE OPERAÇÃO DAS MÃOS DE EVERTON ROCHA E PAULO GONÇALVES, PREFEITO E SECRETÁRIO DE MEIO AMBIENTE, RESPECTIVAMENTE

A tarde desta quarta-feira, 26 de julho de 2017, marcou o fim da longa e humilhante espera, a qual o senhor Jonas enfrentava desde 1992. Dono da mineradora MARICÔ, seu Jonas e família buscavam celeridade no processo de licenciamento e legalização da atividade extrativista, em uma área de sua propriedade e rica em QUARTZITO BRANCO (uma rocha metamórfica cujo componente principal é o quartzo), situada na povoado Lajedo do Flamengo, zona rural do município, mas ao invés de solução, dificuldades eram “criadas” de forma a forçá-lo desistir ou vender a propriedade. Ao tomar conhecimento da situação da importância desta empresa, para gerar empregos e renda para o município, o prefeito Everton Rocha juntamente com o secretário de meio ambiente, Paulo Gonçalves e vereadores não mediram esforços para resolver a situação e em menos de sete meses de governo conseguiram, enfim, emitir a LICENÇA DE OPERAÇÃO para a MINERADORA MARICÔ, o que fortalecerá a economia local e gerará, inicialmente, cerca de 10 empregos diretos fora os indiretos. Ao todo, até aqui, são quatorze licenças ambientais, sete delas, de operação expedidas pela secretaria de meio ambiente com aproximadamente 70 empregos e uma extração mineral atingindo a média de 50 m3 (cinquenta metros cúbicos) por mês. 
Antes do momento de entrega da licença ao seu Jonas, o prefeito Everton Rocha falou da satisfação do momento: “Eu estou muito satisfeito, é um produto nosso, é uma riqueza nossa que vai ser vendida e vai gerar emprego e renda, fora que recursos que serão gerados no município são incalculáveis; o nosso comércio e as pessoas também irão ganhar”.
Emocionado, com o recebimento da licença de operação das mãos de Paulo Gonçalves, seu Jonas desabafou: “É uma pena que os prefeitos que antecederam a ele [Everton Rocha] não pensaram como ele pensa, pois eu não perdi só, os empregados que eu tinha e o município perderam também e quem está reconhecendo a minha licença é o secretário de meio ambiente e o gestor [Everton Rocha] que tá mostrando que não é só nos palanques que se faz, ele faz na prática, porque muitos prometeram [licença] antes e não fizeram e quero dizer a ‘uns’ que diziam que eu não ia conseguir nunca, porque o ‘nó’ que seu Antônio tinha dado a respeito dessa minha licença não tinha quem desatasse e Paulo Gonçalves e Everton Rocha desataram”.
A cerimônia, na própria pedreira, foi acompanhada pelos vereadores Reges, Louri, Márcio Gomes, Willian Rogers, os secretários Juraleson (educação), Paulo Gonçalves (meio ambiente), João Melo (obras), Celso Bonfim (agricultura), Cantídio Neto (saúde), imprensa local e pessoas da comunidade de Lajedo do Flamengo.

ASCOM | PMJ




Google Plus

Jaguarari Online

    Faça seu Comentário
    Comente com o Facebook

0 comentários: