sponsor

sponsor

Destaques

Imagens de tema por kelvinjay. Tecnologia do Blogger.

Noticias em destaque

Multimídias

Política

Região

Esportes

GALERIA DE FOTOS

Arquivo do blog

» » » » » CSTT e AGERBA realizam fiscalização para coibir transporte irregular

Na semana passada a Companhia de Segurança, Trânsito e Transporte (CSTT) acompanhou a Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Energia, Transportes e Comunicações da Bahia (AGERBA) em ações de fiscalização para coibir o transporte irregular em Juazeiro. A Polícia Militar, a RONDESP e a Polícia Rodoviária Estadual também apoiaram a ação.

De acordo com o técnico de regulação da AGERBA, Hércules Ferreira, o objetivo da ação foi combater o transporte clandestino na BA-210, especificamente os trechos: Sento-Sé/Juazeiro e Sobradinho/Juazeiro. A ação teve início na terça-feira (27) e seguiu até a sexta-feira (31). Ao todo, foram realizadas 54 abordagens e nove autuações.

Hércules afirma ainda que, mensalmente, mais de 150 veículos de passeio realizam o transporte clandestino de passageiros nesses dois trechos, e alerta a população para os riscos que estão se submetendo. “Quando acontece um acidente com um transporte clandestino, não existe a responsabilidade civil do proprietário do veículo, ao contrário do que acontece com as empresas concessionárias de transporte público, que pagam além do DPVAT, o seguro de responsabilidade civil, o que garante aos passageiros as indenizações”, afirma Hércules.

O diretor-presidente da CSTT, Damião Medrado, assegura que essas fiscalizações serão constantes. “Um dos nossos principais objetivos é coibir todo tipo de transporte clandestino em Juazeiro. Nossa equipe está constantemente realizando fiscalizações e vamos intensificar ainda mais”, declara Damião.


60 Graus

«
Anteriro
Postagem mais recente
»
Prever
Postagem mais antiga

Um comentário:

Unknown disse...

Peço ao sr técnico de regulação da agerba que fiscalize a empresa são luiz ( falcão real) que se encontra totalmente irregular ( clandestina), com ônibus sucateados e sem condições nenhuma de tráfego.
Caian Brito