ANUNCIE AQUI!
/ / / Sem saber, banhistas enfrentam sérios riscos em praias de Salvador: assista

Sem saber, banhistas enfrentam sérios riscos em praias de Salvador: assista

Água poluída tem deixado banhistas em alerta na praia de Patamares
Uma das estações mais esperadas do ano, o verão costuma ser palco de reuniões de famílias e amigos para aproveitar os dias ensolarados nos quase 50 quilômetros de praias de Salvador. Mas, antes de se refrescar com o banho de mar é necessário tomar alguns cuidados.

Na capital baiana, nove praias, em média, são classificadas, semanalmente, como impróprias para o banho. No entanto, muitas vezes as pessoas não sabem dessa informação. Pensando nisso, a Blitz Bocão News percorreu a orla marítima de Salvador para saber como anda a qualidade da água do mar.
De acordo com o levantamento realizado pelo Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos da Bahia (Inema), as praias recebem essa classificação quando apresentam alta concentração de bactérias. É o caso de Patamares. A região é uma das que mais aparece na lista de não indicadas para os banhistas."Passeando pela praia com a minha esposa percebemos essa situação caótica e nós evitamos prolongar a caminha em função do medo de contrair alguma doença contagiosa", disse o economista Pedro Fiscina, frequentador da praia de Patamares.

A situação a que ele se refere é a água suja que sai de um córrego próximo ao posto de salva-vidas e que tem deixado os banhistas em alerta.

Conforme o Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama), uma praia é considerada imprópria para banho quando apresenta cerca de 2.500 coliformes termotolerantes em apenas uma análise ou quando apresentam em 20% das amostras coletadas em cinco semanas consecutivas mais de mil coliformes fecais. 

Bocaonews
Google Plus

Jaguarari Online

    Faça seu Comentário
    Comente com o Facebook

0 comentários: