ANUNCIE AQUI!
/ / / / Coronel acusa Nilo de fazer ‘chantagem’ e ‘bravata’

Coronel acusa Nilo de fazer ‘chantagem’ e ‘bravata’

Candidato à presidência da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), o deputado Ângelo Coronel (PSD) acusou o atual presidente da Casa, Marcelo Nilo (PSL) – que tenta a quinta reeleição – de fazer “chantagem” para participar da chapa majoritária em 2018.

Na última segunda-feira (19), Nilo anunciou sua desistência em concorrer ao Senado porque, segundo ele, haveria uma espécie de “complô” entre o senador Otto Alencar (PSD) e o vice-governador João Leão (PP). Aliança que, nas palavras de Nilo, já teria o objetivo de tirá-lo da presidência da Assembleia.

“Uma coisa eu garanto: quando chegar à presidência, não farei chantagem para participar da majoritária”, afirmou Coronel, em nota enviada ao bahia.ba. O deputado ainda acusou o oponente de “usar” palavras não ditas publicamente pelo governador Rui Costa, que já anunciou que vai interferir na disputa na AL-BA para acalmar os ânimos entre os aliados.

Para Nilo, o fato de o PT anunciar apoio à sua candidatura sinaliza que Rui estaria inclinado a defender a sua permanência no comando da Assembleia. “Marcelo Nilo usa palavras que o governador ainda não disse de público, até porque, se disser, está interferindo contra minha candidatura e a do colega Luiz [Augusto]. Tenho sido um deputado aliado tanto quanto Marcelo. A nossa candidatura permanece firme e irei para a disputa democrática e os colegas deputados terão o livre direito de escolha e aí Marcelo vai ver o que é uma vitória esmagadora, pois ameaça e bravata são o prenúncio da derrota”, afirmou Coronel.

Fala Sertão
Google Plus

Jaguarari Online

    Faça seu Comentário
    Comente com o Facebook

0 comentários: