A prefeitura de Jaguarari, por meio da Secretaria Municipal de Educação, Cultura, Esporte, Turismo e Lazer, torna público o presente chamamento para cadastro de Artistas, Profissionais de Artes, Cultura e Desportistas para Fomento à Cultura Municipal.
O objetivo do cadastramento dos artistas e desportistas é credenciá-los para executarem serviços nas atividades, quando necessário, estabelecidas pela Secretaria Municipal de Educação, Cultura, Esporte, Turismo e Lazer assim como subsidiar mapeamento dos mesmos em nosso município. Visando assim, aproximar de forma democrática artistas e profissionais de arte e cultura que almejem parcerias com o município e fomento à produção cultural local, atendendo aos princípios da oportunidade, conveniência, legalidade, defesa do interesse público, impessoalidade e economicidade.
O cadastramento inicia nesta segunda-feira, 23 de julho, das 8h às 12h e finaliza na sexta-feira, 27. Maiores informações pelo celular/WhatsApp (74) 99925-5220.

Celma Sueli Dantas do Vale
Secretária Municipal de Educação, Cultura, Esporte, Turismo e Lazer




Em Assembleia Geral Extraordinária, os cooperados da CREDINORTE, com sede em Jaguarari e ASCOOB ITAPICURU com sede em Santa Luz, que aconteceu nesta sexta-feira, 20, no Centro Paroquial, em Jaguarari, os cooperados da CREDINORTE - Cooperativa de Credito Rural Norte do Itapicuru e da ASCOOB - Cooperativa de Crédito Rural do Vale do Itapicuru por unanimidade aprovaram a incorporação das duas instituições, o que as torna uma única e mais forte cooperativa com melhores condições de oferecer mais serviços aos moradores da área de atuação.
Na abertura dos trabalhos, os dois presidentes, Vanderlei Crisóstomo (CREDINORTE) e Sílvio Soares (ASCOOB) falaram sobre as dificuldades enfrentadas no início do projeto, como citou Vanderlei, que a autorização do Banco Central se deu em 31 de março de 2013, onde a CREDINORTE tinha apenas 100 cooperados e um capital de R$ 86.000,00 (oitenta e seis mil reais) e que o apoio do ex-prefeito Antônio Nascimento (PT) foi fundamental para a concretização do processo.
Segundo Vanderlei Crisóstomo, a necessidade de atender as demandas e serviços pretendidos pelos cooperados e usuários dos serviços da CREDINORTE, foram os principais motivos que levaram a buscar o apoio e condições necessárias para a incorporação junto à ASCOOB/Itapicuru. Ainda em sua fala, Vanderlei citou a importância do respaldo e confiança que as pessoas têm por ele, para a CREDINORTE crescesse e agora tornasse uma cooperativa muito mais forte, com a incorporação.
Já para Silvio Soares, presidente da ASCOOB, esta incorporação é um avanço importante para ambas as partes, pois Jaguarari, sendo a 12ª agência do grupo, outras cidades do território passarão a ter acesso ao funcionamento transparente e, com certeza irão buscar levar esta forma de investimento e geração de dividendos dentro de seus municípios.
Um dos momentos mais emocionantes e gratificantes para todos os presentes, foi o discurso de Renato Crisóstomo, um senhor de 74 anos, aposentado, residente na Comunidade de Gameleira. Ao pedir o microfone para dá seu testemunho, Renato falou da importância da união, da confiança e do quanto estava feliz com o sucesso da CREDINORTE, agora junta com a ASCOOB, disse também que se sente satisfeito e feliz de ter sido um dos primeiros cooperados, de ter sido um dos que mais acreditou no futuro do cooperativismo em Jaguarari. Suas palavras arrancaram aplausos e lágrimas da Assembleia.
Após a finalização da votação e aprovação da incorporação, todos se deslocaram para a nova agência da ASCOOB/Itapicuru, a 12ª, localizada no Calçadão de Jaguarari, ao lado do Mercadinho do Eri, onde os diretores descerraram a fita e assim, oficializaram a abertura da agência, que começará a atender ao público na segunda-feira, 23 de julho de 2018.

O presidente da ASCOOB/Itapicuru, Sílvio Soares e Vanderlei Crisóstomo, ex-presidente da CREDINORTE concederam entrevista ao nosso repórter Carlos Roberto, confira abaixo:
Sílvio Soares



Vanderlei Crisóstomo



Nos dias 18 e 19 de agosto, em Pilar, tem a VII VAQUEJADA DO PARQUE CARAÍBA com R$ 5.000,00 (cinco mil reais) em prêmios: R$ 3.000,00 (três mil reais) para a categoria aberta e R$ 2.000,00 (dois mil reais) para a categoria regional. Logo após tem uma super festa beneficente com as atrações VICTOR DO ACORDEON e MÁRCIO & MARCIEL.
A entrada será 1kg de alimento não perecível.

Organização: JARBAS PEREIRA e ZÉ DE ALZIRA.
Contatos: 74 99932-3858 e 74 99961-5451


O ex-prefeito de Jaguarari, Everton Rocha, entrou com Agravo de Instrumento (recurso) contra a decisão da Juíza da Comarca de Jaguarari, que, por ausência de plausibilidade jurídica negou pedido de liminar, que tentava a anulação da Sessão de cassação - CPP 001/2018 (29/03/2018) e a imediata reintegração ao cargo de prefeito.
Porém, ao analisar os autos, foi detectado que o ex-gestor interpôs o Agravo sem o recolhimento das custas processuais (deixou de pagar o valor correspondente) e em 22 de maio foi lhe dado o prazo de 5 dias para sanar o vício. Destaca-se, no entanto, que o agravante (ex-prefeito), fez o recolhimento de R$ 255,24, quando deveria ter feito no valor de R$ 277,82, valor de tabela vigente em 2018, ou seja, o recurso apresentado não atendeu os requisitos de admissibilidade, o que levou a Desembargadora Maria de Lourdes Pinho Madauar a NÃO CONHECER O PRESENTE AGRAVO DE INSTRUMENTO, em razão da deserção configurada.



LEIA A ÍNTEGRA DA DECISÃO

Andamento do Processo n. 8008444-41.2018.8.05.0000 - Agravo de Instrumento - 18/07/2018 do
TJBA
Diário de Justiça do Estado da Bahia Publicado por Diário de Justiça do Estado da Bahia
anteontem
Primeira Câmara Cível
PUBLICAÇÃO DE ACÓRDÃOS
PROCESSOS JULGADOS NA SESSÃO DE 18 de Junho de 2018
PODER JUDICIÁRIO
TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA BAHIA
Primeira Câmara Cível ________________________________________
Processo: AGRAVO DE INSTRUMENTO n. 8008444-41.2018.8.05.0000
Órgão Julgador: Primeira Câmara Cível
AGRAVANTE: EVERTON CARVALHO ROCHA
Advogado (s): SAVIO MAHMED QASEM MENIN (OAB:0022274/BA)
AGRAVADO: Câmara Municipal de Jaguarari e outros
Advogado (s):
DECISÃO
Vistos, etc.
Trata-se de agravo de instrumento com pedido de efeito suspensivo, interposto por EVERTON CARVALHO ROCHA contra decisão proferida pela Juíza de Direito da Vara Cível da Comarca de Jaguarari. A aludida manifestação judicial, proferida nos autos do Mandado de Segurança nº 8000217-33.2018.8.05.0139, denegou a liminar rogada, por ausência de plausibilidade jurídica (fls.20 - Id nº 1021217).
O impetrante, então, interpôs este recurso, alegando a existência de nulidades na sessão de julgamento realizada pela Câmara Municipal da Comarca de Jaguarari, na data de 29/03/2018, que culminou com a cassação do seu mandato de Prefeito do aludido município.
Pugnou, assim, pela concessão do efeito suspensivo ativo ao recurso, para suspender/anular o referido ato do legislativo municipal, com sua reintegração no cargo.
Em sede principal, requereu o provimento do recurso, com a reforma da decisão agravada.
É o relatório.
Decido.
Da análise dos autos, constata-se óbice intransponível ao conhecimento do recurso, consoante explanado nos parágrafos seguintes.
Em caráter inicial, o agravante interpôs este agravo de instrumento sem recolher as custas correlatas.
Detectada esta irregularidade, foi proferido despacho determinando a comprovação do adimplemento das referidas despesas processuais, sob pena de não conhecimento do recurso (fls.26 - Id nº 1150014).
O agravante, então, anexou a estes fólios os Documentos de Arrecadação Judiciária (Dajes), com os correspondentes comprovantes de pagamento, no valor total de R$ 255,24 (duzentos e cinquenta e cinco reais e vinte e quatro centavos) (fls. 29 a 32 - Ids nºs 1180129 a 1180132).
Ocorre que a Tabela de Custas deste Tribunal, do ano de 2018, é categórica ao determinar, no seu item XXVII, letra b que o valor da taxa a pagar pelo recurso de agravo de instrumento é o de R$ 277,82 (duzentos e setenta e sete reais e oitenta e dois centavos).
Neste contexto, restou claro que o insurgente recolheu as custas em valor insuficiente, atraindo a incidência do art. 1.007, § 5º, do CPC, que preconiza: "Art. 1.007. No ato de interposição do recurso, o recorrente comprovará, quando exigido pela legislação pertinente, o respectivo preparo, inclusive porte de remessa e de retorno, sob pena de deserção.
(...)
§ 4o O recorrente que não comprovar, no ato de interposição do recurso, o recolhimento do preparo, inclusive porte de remessa e de retorno, será intimado, na pessoa de seu advogado, para realizar o recolhimento em dobro, sob pena de deserção.
§ 5o É vedada a complementação se houver insuficiência parcial do preparo, inclusive porte de remessa e de retorno, no recolhimento realizado na forma do § 4o." (grifo nosso) Destarte, fica claro que este recurso não preenche requisito de admissibilidade necessário para o seu conhecimento, a saber, o correto pagamento das custas pertinentes.
Assim, pelos fundamentos aqui aduzidos, NÃO CONHEÇO DO PRESENTE AGRAVO DE INSTRUMENTO, em razão da deserção configurada.
Publique-se. Intime-se.
Salvador/BA, 17 de julho de 2018.
Desa. Maria de Lourdes Pinho Medauar
Relatora

SINTESB-BA
SINDICATO DOS TRABALHADORES NA EDUCAÇÃO DO MUNICÍPIO DE SENHOR DO BONFIM – BAHIA 
CNPJ: 04.977.049/0001-50
Entidade sindical representativa dos servidores públicos, com base territorial em todo o município de Senhor do Bonfim - BA e sede na Praça Dr. José Gonçalves, 322, centro, 1º andar, sala 05, representado por sua diretoria e tendo como diretor presidente o professor JANILSON TORQUATO DOS SANTOS, vem tornar público através dos meios de comunicação regional do Norte da Bahia, a situação em que se encontra o atual quadro dos servidores em educação do município, o gestor atual Sr. Carlos Alberto Lopes Brasileiro do PT tramitou lei na câmara municipal de vereadores para mudar a data base de reajuste salarial dos servidores públicos municipal, que até então era no mês de maio, a mudança na lei possibilitou que a data base mudasse para janeiro, assim, este sindicato vem tentando negociar a reposição salarial desde janeiro. O governo apenas respondeu os ofícios enviados ao gabinete e à secretaria de educação no mês de março oferecendo o percentual de 0%. Após várias tentativas por parte do sindicato e algumas paralisações e até mesmo uma greve por tempo determinado no mês de maio no período de 24 a 29 do mês citado o prefeito, vez uma proposta de 1,03% em junho e 1,06% em outubro, sem retroativa ao mês da data base aprovada e sancionada pelo gestor Carlos Brasileiro. Veja sociedade bonfinense e regional, como podemos sentir o prefeito da cidade de Senhor do Bonfim, abruptamente descumpre a lei federal 11.738/2008, lei do piso nacional do magistério a qual delimita um teto salarial nacional para todos os professores da educação básica do país, onde neste ano de 2018 o reajuste do piso nacional para os professores foi reajustado pelo governo federal em 6,81%, desta forma o governo municipal também não tem interpretado de forma idônea a lei 11.494/2007, a lei que instituiu o Fundeb. Os professores municipais estão em greve, desde o dia 04/07/18 por tempo indeterminado por falta da manutenção nos seus salários e não somente isso, a manutenção nas escolas também é muito precária, onde em algumas unidades a merenda dos alunos tem sido insuficiente e os professores e demais servidores acabam complementando do próprio bolso, além disso, muitas unidades estão totalmente sujas e depredadas, em algumas os professores fazem vaquinha para comprar tinta e pintar para assim tornar a escola num ambiente um pouco mais atraente para os alunos. Por falta dessas manutenções que entendemos que são imprescindíveis para que se tenha uma educação no mínimo um pouco condizente com o que nossos alunos e sociedade precisam e, em consonância com os educadores, outras classes de trabalhadores também cruzaram os braços na quarta feira dia 18/07/18. O prefeito sem dialogar com as representatividades das classes impetrou ação judicial no Tribunal de Justiça da Bahia, onde após ser julgada pelo desembargador em tempo recorde uma agilidade já mais vista no meio judicial, profere uma cautelar pedindo para que os professores voltem aos seus postos de trabalho, o sindicato aguarda a notificação oficial por parte do tribunal para que depois de notificado em 24 horas como expressa a lei os professores retornarão às suas escolas, o sindicato salienta ainda que a luta continuará e que da forma como  o prefeito tem se comportado perante os servidores e da forma como o mesmo quer agir, coibindo o direito do trabalhador nada mais é do que uma negação de direito e de conquistas e que se dessa forma continuar os trabalhadores estarão sofrendo calote de mais de cinco meses em seus vencimentos e há rumores de que o gestor depois de não atender as reinvindicações dentro do período cabível ameaça cortar dias em que a classe estiver paralisada. Veja sociedade quanta opressão em cima do trabalhador, pessoas que fazem o município andar de fato com suas próprias pernas, sofrem pressão por aqueles que se dizem defensor dos trabalhadores e da boa ética. Que em outros tempos pregou democracia e amparo aos trabalhadores hoje faz o contrário e com extrema abruptalidade aos que merecem ser respeitados de fato.

Técnicos da Embasa já estão trabalhando para retomar fornecimento

A Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) teve de suspender o fornecimento de água nos municípios de Caém e Saúde às 17h de ontem (18) para a realização de reparo na Adutora do Itapicuru, danificada durante a execução de obras da Coelba na BA-131. O município de Jacobina não foi afetado. 

Técnicos da Embasa já estão no local do incidente realizando os serviços, cuja conclusão está prevista para as 12h de amanhã (20). Após a conclusão, o abastecimento será reiniciado, atendendo a população gradativamente. A Embasa mantém a recomendação de reservação adequada e contínua de água nos domicílios residenciais para evitar desabastecimento em momentos de interrupção do fornecimento.  

Atenciosamente,

Assessoria de Comunicação da Embasa
(74) 3541 - 8400

COMUNICADO

         
         O SINDSPUJ – Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Jaguarari, comunica aos seus associados que o Dr. Elói Correia Júnior, assessor jurídico deste sindicato, estará dando plantão, nesta sexta, dia 20/07/2018, das 08:30h as 15:30h. Os servidores interessados deverão ficar atentos a esta data e a este horário, para se dirigir à nossa sede atual, localizada no Alto das Cajazeiras, nº 46, atrás da COOPEJ, no centro de nossa cidade.

       Portanto, se você é servidor público, compareça! O seu direito é a nossa causa.
      
       Atenciosamente, 


DIRETORIA EXECUTIVA 

       

                                             Jaguarari, 19 de julho de 2018

A Federação dos Trabalhadores da Agricultura Familiar  Fretaf/BA, juntamente com O Sindicato dos Trabalhadores Rurais - SINTRAF  e o Centro de Cultura da Paróquia de Jaguarari, realizaram ato para entrega de 165 Cisternas  e de uma Forrageira Móvel para o município. Participaram do evento o  Sr. José  da Paz (Fetraf/BA), Sr. Bráulio  Cerqueira (Sintraf), Sr. Antônio Nascimento (Centro de Cultura), Vereador Val e diversos representantes de associações  e entidades de movimentos sociais. Os participantes versaram sobre a importância dos projetos sociais e das conquistas alcançadas. O Vereador Val agradeceu ao Governo do Estado, A FETRAF/BA, ao SINTRAF de Jaguarari pela parceria e compromisso com o povo, destacando diversos projetos que foram adquiridos e que ajudam a população jaguarariense, sobretudo a área rural que tanto sofre com a escassez de água. "Vamos continuar nessa luta, sempre priorizando trazer projetos e ações  que  propicie dignidade, respeito e desenvolvimento para o nosso município". Em Jaguarari  já  foram construídas  mais de 4.000 cisternas com capacidade de armazenar 16 mil litros de água, proporcionando as famílias  beneficiadas o acesso a água  de boa  qualidade para o consumo humano. Com a aquisição  da forrageira móvel  será  possível  fazer 10 mil quilos de ração  por dia. "Vamos reunir com os associados e presidentes das associações para que possamos fazer o melhor uso desse equipamento que recebemos", afirmou Bráulio Cerqueira, coordenador do SINTRAF de Jaguarari. Notadamente todos os participantes saíram felizes com a concretização  dessas conquistas.

"A conquista só  vale a pena, quando participamos da luta".

Ascom: Vereador Val, Trabalho e Compromisso Social.

A Embasa informa que será preciso suspender de forma emergencial o fornecimento de água em Uauá e nas localidades de Pilar, Bom Despacho, Santa Rosa de Lima e Sussuarana, em Jaguarari, às 15h desta quarta-feira (18) para a execução de serviços de manutenção na  adutora que transporta água do Rio São Francisco à estação de tratamento que atende a população afetada. Os serviços de manutenção serão realizados pela Mineração Caraíba, empresa responsável por fornecer água bruta à Embasa, e devem ser concluídos na tarde de amanhã (19).  Após a conclusão, a Embasa reiniciará os processos de adução, tratamento e distribuição de água, atendendo gradativamente as localidades citadas. 
A Embasa recomenda aos moradores que façam economia da água reservada  para evitar maiores transtornos.

Atenciosamente

Assessoria de Comunicação da Embasa

Alegando que o prefeito, Carlos Brasileiro (PT), é descumpridor das leis, o representante do SISMUSB, Raimundo Nonato, afirmou nesta quarta-feira (18), durante entrevista na Rádio Caraíba, que ingressará com pedido de cassação do mandato do gestor.
Segundo o sindicalista, o prefeito estaria querendo acabar com o direito de greve dos servidores “um prefeito que é do partido dos trabalhadores não respeita os trabalhadores e não respeita as leis do país? Que demagogia é essa? Antes da eleição é uma coisa, depois que chega ao poder é outra? Questionou Raimundo.
 O Sindicalista ainda afirmou que uma comissão está se reunido e analisando a possibilidade de pedir a cassação do mandato do prefeito, pra isso, algumas assinaturas serão colhidas “não cumpre as leis do país, não cumpre lei municipal, então vamos colher assinaturas e solicitar a cassação, a comissão está estudando essa possibilidade e se será via Câmara Municipal ou Ministério Público” explicou Raimundo
Em contato com o prefeito, ele não demonstrou nenhuma preocupação com a possibilidade do SISMUSB ingressar com pedido de casação de seu mandato. 

O ex-contratado da Prefeitura de Juazeiro-BA, por processo seletivo, Edílson dos Santos, vai a júri popular no próximo dia 12 de setembro, às 8h, no fórum de Jaguarari-BA. Ele é acusado de dirigir um veículo alcoolizado e provocar um acidente de trânsito que vitimou os jovens Juan Cleibi e Thuane Gleyce, ambos de 18 anos.
O fato ocorreu na estrada que liga os distritos de Pilar (Jaguarari) e Abóbora (Juazeiro), na noite do dia 09 de agosto de 2015. O casal estava em uma motocicleta e morreu no local após ser atingido pelo veículo.
Edílson trabalhou por quase três meses como motorista na Secretaria de Saúde da Prefeitura de Juazeiro, contratado através do sistema REDA.

Segundo informações da advogada da família dos jovens, Amanda Morais, o réu será julgado por “crime de homicídio cometido com dolo eventual, ou seja, quando o agente assume o risco de produzir o resultado, uma vez que ao conduzir um veículo embriagado e com velocidade acima do permitido, colidiu com a motocicleta, em que estavam os jovens, levando-os a morte”, explicou.

Após quase três anos de espera, o sentimento dos familiares das vítimas agora é de esperança. “Estou esperançosa de que a justiça seja feita e que as mortes de meu filho e  de Thuanny não ficarão impunes. Confio na justiça e entreguei a sorte de Edilson nas mãos dela. Deus está no controle de tudo”, declarou a mãe de Juan, Marizalva Alves.

Blog Preto no Branco

A Prefeitura Municipal de Jaguarari retomou, nesta segunda-feira (16) as obras de calçamento da Avenida Araras no distrito de Flamengo. A obra terá ao todo 4.046 m2 (quatro mil e quarenta e seis metros quadrados), sendo 482,39 metros de extensão, 714 metros quadrados de passeio e 2.856 metros quadrados de paralelepípedo. O recurso no valor de R$ 259.990,56 (duzentos e cinquenta e nove mil, novecentos e noventa mil e cinquenta e seis centavos), assim como as obras estavam paralisadas há quase dois anos, por falta de gestão para liberação de recursos para execução, o que aconteceu graças ao apoio do deputado federal Mário Negromonte Júnior.
“Com o valor em conta, a empresa que ganhou a licitação retomou as obras, para fazer o calçamento de Flamengo, é apenas uma das obras que estão sendo retomadas e/ou finalizadas no distrito”, comentou o prefeito Fabrício.
O secretário municipal de infraestrutura e obras públicas, Antônio Messias, comentou sobre o trabalho realizado prefeito D’Agostino: “O prefeito Fabrício está resgatando a infraestrutura e calçamento do nosso município, fazendo com que as obras sejam retomadas e concluídas de fato, dentro da técnica e garantindo o pagamento dos empreiteiros”, elogiou Antônio.
Finalizando, o secretário de Planejamento falou ainda sobre as próximas obras de calçamento no município. “Jaguarari será visto com um olhar diferente, além das obras já iniciadas, muitas obras serão realizadas pela gestão do prefeito Fabrício em nosso município”, comentou Antônio.

ASCOM – Prefeitura de Jaguarari

A prefeitura de Jaguarari, por meio da Secretaria Municipal de Educação, Cultura, Esporte, Turismo e Lazer, firmou convênio com a Polícia Militar da Bahia (PM-BA) para a implantação, nas Escolas Floriano Peixoto (sede) e Pedro Calmon (Pilar), do Programa Educacional de Resistência às Drogas (Proerd), que consiste num esforço cooperativo estabelecido entre a Polícia Militar, a Escola e a Família, visando preparar crianças e adolescentes para fazerem escolhas seguras e responsáveis na auto condução de suas vidas, a partir de um modelo de tomada de decisão. O programa tem como missão e visão:
Missão: ensinar aos estudantes boas estratégias de tomada de decisão para ajudá-los a desenvolver habilidades que os permitam conduzir suas vidas de maneira segura e saudável.
Visão: construir um mundo no qual os jovens de todos os lugares estejam capacitados para respeitar os outros e para escolherem conduzir suas vidas livre do abuso de drogas, da violência e de outros comportamentos perigosos.
O abuso de drogas constitui-se em ameaça à sociedade porque representa, para o usuário, um comprometimento do futuro e da qualidade de suas relações sociais, com maior propensão ao envolvimento em crimes, violência e ingresso num ciclo de decadência de valores. O público mais vulnerável à dependência é composto por crianças e adolescentes, a principal estratégia contra esses males é a prevenção por meio do diálogo com as pessoas. Por meio de atividades educacionais em sala de aula, o policial militar devidamente capacitado, fornece aos jovens as estratégias adequadas para tornarem-se bons cidadãos, resistir à oferta de drogas e ao apelo da violência. Com ações direcionadas a toda a comunidade escolar e aos pais/responsáveis, o Proerd também promove a inclusão da família no processo educacional e de prevenção.

ASCOM – Prefeitura de Jaguarari

Por volta das 8h30 do dia 16/07/18 a Guarnição PM de Radiopatrulha do Distrito de Pilar foi solicitada pela genitora da menor de iniciais AMBD, de 13 anos, informando que esta havia saído de casa desde o dia anterior e estaria sendo mantida em cárcere privado por dois indivíduos numa casa situada na Rua Juazeiro, naquele distrito. A guarnição deslocou até o local e, após autorização do morador, que em princípio teria negado a presença da menor na residência, adentrou o imóvel e encontrou a mesma escondida embaixo de uma cama e semivestida. 

Sendo assim, os dois indivíduos que se encontravam na casa, bem como a menor, acompanhada de sua genitora, foram apresentados na Delegacia de Jaguarari para as medidas cabíveis. 
Informações: 3ª CIA/PM

A secretaria municipal de educação, cultura, esporte, turismo e lazer, da prefeitura de Jaguarari, realizou neste sábado, 14, o 1º Encontro Pedagógico 2018 com a presença de professores, coordenadores, diretores escolares. O prefeito Fabrício D’Agostino, os vereadores Marcos Paulo (Quito de Santa Rosa) e Adenir Bonfim (Neném do Catuni), a secretária de educação, Celma Suely e o secretário de finanças, José Roberto (Robertinho), além de diretores da SEMEC e outros colaboradores estiveram presentes.
Amanda Bastos, palestrou sobre a BNCC – Base Nacional Comum Curricular, que representa o instrumento para a promoção da equidade na medida que define as aprendizagens essenciais e orienta as políticas educacionais que serão implementadas em todo país até o final de 2019 e que terá um papel decisivo na formação integral do cidadão e na construção de uma sociedade justa, democrática e inclusiva.  Jaguarari, assim como o país inteiro, precisa cumprir a agenda do MEC e adequar sua proposta pedagógico a BNCC. Antes, ainda, o secretário de finanças, Robertinho, fez uma linda exposição motivacional para os presentes. Este foi o primeiro contato oficial, de forma coletiva, entre a nova administração, prefeito e secretária da pasta.
O prefeito D’Agostino, em suas palavras aos educadores presentes, agradeceu o empenho de toda a equipe da SEMEC, falou sobre as dificuldades enfrentadas, mas que mesmo assim tem mantido os pagamentos em dia e que não medirá esforços para que em 2019, consiga o apoio dos governos Estadual e Federal para reformar as escolas municipais.
Celma Suely, secretária, disse que o objetivo de Encontro foi alcançado e que o momento foi de suma importância para uma melhor compreensão do BNCC, bem como agradeceu aos mais de 400 educadores que se fizeram presentes.

ASCOM – Prefeitura de Jaguarari

No dia 22 de julho deste ano, das 8h30 às 17h30, em Juazeiro/BA, a União de Entidades Protetoras dos Animais da Bahia (UNIMAIS) realizará o V Curso de Formação de Oficiais da Proteção Animal. Na ocasião, ativistas, estudantes, representantes de ONGs e guardiões terão a oportunidade de aprender mais e trocar experiências sobre a condição jurídica dos animais como sujeitos de direito, políticas públicas de atenção aos animais, legislação ambiental, procedimentos policiais e judiciais em casos de maus-tratos, resgate à luz do direito, saúde única e outros temas importantes.

Embora agir contra a integridade física e psicológica dos animais seja caracterizado como crime, de acordo com a Constituição Federal de 1988, art. 225, e a Lei nº 9.605/98, art. 32, é considerável o número de casos de maus-tratos em todo o estado da Bahia. Todos os dias, centenas de seres indefesos são vítimas de atropelamento, privação da liberdade, de alimento e das condições básicas de existência. Indignados, ativistas e guardiões acionam as autoridades policiais para denunciar a prática criminosa e, não raro, são recebidos com negligência e desrespeito.
[
Diante desse cenário, a UNIMAIS decidiu criar a figura do OFICIAL DA PROTEÇÃO ANIMAL, um agente com um papel importante, essencial para transformar o cenário de descaso e crueldade que prejudica os animais. O objetivo é instrumentalizar ativistas e pessoas sensíveis, que cientes de seus deveres enquanto cidadãs, passam a conhecer mais sobre a legislação de proteção animal, o papel do Estado e da coletividade para assegurar dignidade e saúde aos animais.

Portanto, o Curso é o instrumento básico para orientar a atuação dos defensores dos animais. Após a conclusão dos trabalhos, a UNIMAIS concede a CARTEIRA DE OFICIAL DA PROTEÇÃO ANIMAL àquelas pessoas que participaram, como um reconhecimento simbólico e também como medida para fortalecer e unificar o movimento de proteção animal no estado. A Carteira será apresentada quando necessário, em toda ação do Oficial apoiada pela UNIMAIS, sempre em conformidade com os princípios constitucionais, infraconstitucionais e com o Código de Ética da entidade.

O QUÊ: V CURSO DE FORMAÇÃO DE OFICIAIS DA PROTEÇÃO ANIMAL;
QUANDO: 22 de julho de 2018, das 8h30 às 17h30;
ONDE: Centro Cultural João Gilberto (Rua José Pititinga, s/n, no bairro Santo Antônio, Juazeiro/BA);
INSCRIÇÕES: via link: http://bit.ly/cursounimais ou presencialmente no dia do evento.

PROGRAMAÇÃO: 22 DE JULHO DE 2018 – DOMINGO
Horário: das 8h30 às 9h20 – O IMPORTANTE PAPEL DO OFICIAL DA PROTEÇÃO ANIMAL
CARLOS FERRER – ATIVISTA HÁ 17 ANOS E PRESIDENTE DA UNIMAIS

Das 9H25 às 10H15 – DIREITOS ANIMAIS E O DEVER DO ESTADO
ANA RITA TAVARES –ATIVISTA, ADVOGADA E VEREADORA DE SALVADOR PELA CAUSA ANIMAL

10H20 – INTERVALO

10H45 – O PODER DO MOVIMENTO EM DEFESA ANIMAL E CONQUISTAS LEGISLATIVAS

ALEXANDRE TERRERI – ATIVISTA, PRESIDENTE DA FAOS/SÃO PAULO – Federação das Associações e Organizações Não Governamentais, Sociedades Protetoras dos Animais e Sindicatos de Profissionais da Proteção Animal do Estado de São Paulo.

11h25 MOVIMENTO SOCIAL ORGANIZADO E CONSCIÊNCIA POLÍTICA
                                            
GORETTI QUEIROZ – Jornalista com pós em jornalismo político, ativista há 10 anos, presidente do Movimento de Defesa animal de Pernambuco, coordenadora do projeto SOS cavalos, integrante da Federação Pernambucana de Defesa Animal – FAOS Pernambuco e da Confederação Brasileira de Proteção Animal – CBPA

 12h – INTERVALO – REFEIÇÃO VEGANA

 13H50 – SAÚDE ÚNICA E RESPONSABILIDADE DOS GESTORES PÚBLICOS

MATEUS MATIUZZI DA COSTA – Veterinário, graduado em Medicina Veterinária pela Universidade Federal de Santa Maria (2000), mestrado em Biologia Celular e Molecular pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2002) e doutorado em Biologia Celular e Molecular pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2007). Atualmente é colaborador em projetos de pesquisa da Universidade Federal de Santa Maria e professor associado 2 da Fundação Universidade Federal do Vale do São Francisco. Tem experiência na área de Medicina Veterinária, com ênfase em Medicina Veterinária Preventiva, atuando principalmente nos seguintes temas: Diagnóstico molecular de patógenos de interesse veterinário, estudo de mecanismos de resistência aos antimicrobianos e alternativas ao uso de antimicrobianos.

14h40 – PROCEDIMENTOS POLICIAIS E JUDICIAIS EM CASO DE MAUS-TRATOS A ANIMAIS

DRA. ROSINEIDE MOTTA MEDRADO SAMPAIO – DELEGADA DE POLÍCIA CIVIL DA BAHIA DESDE 2001

15h40 – INTERVALO

16h00 – RESGATE DE ANIMAIS À LUZ DO DIREITO

ANA RITA TAVARES – ADVOGADA, ATIVISTA E VEREADORA DE SALVADOR

16h55 – DEBATE

17h30 – ENCERRAMENTO

ASCOM


Na manhã deste sábado, 14 de julho de 2018, um trágico acidente envolvendo um ônibus e uma moto deixou vítimas fatais e feridas na região do Distrito de Carnaíba, município de Pindobaçu.

Segundo informações, o ônibus faltou freio quando descia uma ladeira vindo a passar por cima de uma moto matando duas pessoas conhecidas como Gerson e Zé Roberto e em seguida a capotar, deixando outras pessoas feridas, que foram socorridas pelo Samu 192 para o Hospital de Pindobaçu.

Não há informações de quantos pessoas seguiam no ônibus, nem sobre o estado de saúde dos feridos.
Fonte: Augusto Urgente!

Augusto Urgente

A prefeitura de Jaguarari, por meio da secretaria de infraestrutura e obras públicas, segue trabalhando com o objetivo de recuperar as estradas vicinais no interior do município. Esta semana o trabalho está sendo executado nas comunidades de Cajueiro, Cipriano e Várzea Grande. O Governo Juntos Construímos Mais, em seus primeiros 100 dias de administração, tem realizado muito mais e muito mais será feito pela população, porque o compromisso é com o bem-estar de todos, sejam da sede, distritos e/ou povoados.

ASCOM - Prefeitura de Jaguarari

O Tribunal de Justiça  da Bahia  acatou pedido  de antecipação de tutela  da prefeitura de Senhor do Bonfim, que pleiteava o fim  da greve dos professores.
A decisão  foi publicada na tarde  desta sexta-feira, 13, e os professores  terão 24 horas para voltar  as salas de aulas conforme a decisão.
Em caso de não  cumprimento, o Sintesb terá  ainda que pagar multa diária  no valor de 10 mil reais.
O Sintesb  ainda não  se pronunciou .Confira a decisão  abaixo:
Blog do Walterley Kuhin

MARI themes

Tecnologia do Blogger.